quinta-feira, 6 de setembro de 2018

ESTAMOS NO REINO DO ANTICRISTO?

     É apenas o princípio das dores. Daqui adiante esperaremos pelo juízo de Deus que não tardará a chegar. O homem atingiu um estágio de total desagrado do Senhor e o horizonte que nos espera é atro e sombrio.

E naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro.
E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno.
Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça, como as estrelas sempre e eternamente.
E tu, Daniel, encerra estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e o conhecimento se multiplicará.

Daniel 12:1-4


“Porque haverá então grande aflição, como nunca houve…”, Mat 24:21

          Muitos até mesmo o povo de nossa época não entende que o futuro de todo ser humano é nascer na família de Deus. Este é o propósito do porque nascemos. Não ficaremos nessa terra por toda eternidade sem nada acontecer. Estamos nessa terra por um tempo limitado, e estipulado, por Deus e quando esse tempo acabar, Deus escolherá o povo que fara parte de sua família.

 Um Mundo em Caos

           Está bastante esclarecido na Bíblia que o mundo chegará a um ponto de bastante miséria e infelicidade. Um mundo onde só haverá sofrimento e angústia. Um mundo de violência e uma época onde ninguém respeitará leis e anarquia reinará. Um mundo longe de Deus.

          earthquakeCristo falou desse mundo, observe… “E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares”, Mateus 24:6-7.

           Sim, haverá várias guerras e haverá várias misérias ao redor desse mundo. Com certeza, bombas atômicas serão lançadas em vários lugares… Então disse eu: Até quando Senhor? E respondeu: Até que sejam desoladas as cidades e fiquem sem habitantes, e as casas sem moradores, e a terra seja de todo assolada”Isaías 6:11.

           Isso nunca aconteceu onde cidades ficarão totalmente destruídas. Hoje em dia o homem tem o poder de deixar cidades completamente destruídas.

 Um tempo sem paralelo

           Nunca na história do ser humano, o mundo tem visto tanto sofrimento. A terceira guerra mundial causará enorme destruição na terra. Note o que o próprio Filho de Deus fala sobre esta época, Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver”Mateus 24:21.
Até que ponto chegará à humanidade? Chegaremos a uma época onde a calamidade, destruição e infelicidade do homem são tão grandes que mesmo poderá ser comparada aos sofrimentos que o homem tem passado neste mundo. E olha que o homem já passou por épocas de tremendo sofrimento e calamidade como a praga bubônica que matou um terço da população da Europa.

Iniquidade dos homens aumentará

           É claro que podemos concluir que no meio desse mundo passando por grande angustia o amor, compaixão e o sentido de fazer o bem para o próximo diminuirá e possivelmente acabará. Já que ambiente das pessoas se tornarão  “sobrevivência a qualquer custo”, o homem fará tudo que pode para sobreviver. Nisso o custo da vida dos outros perderá valor. O homem matará para poder comer e cuidar de seus interesses, E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará”Mateus 24:12.

O homem chegará a um ponto onde a única coisa que será de interesse deles e cuidar deles mesmos. Não interessando de nada e de ninguém ao seu redor. Tudo será sobre a sua própria sobrevivência.

terça-feira, 10 de julho de 2018

UM SÉRIO CANDIDATO

                                                                                         A Turquia é bem ao norte de Israel, dela virá, segundo as profecias bíblicas, o último adversário do povo judeu para a batalha final do Armagedom.
           Nesta segunda-feira dia 09 de julho, a Turquia mudou seu regime político passando do sistema parlamentar para o sistema presidencialista, com o poder concentrado nas mãos do chefe de Estado.
E o chefe de Estado é o líder do regime islâmico turco, Recep Tayyip Erdogan, que há 13 anos fundou, sendo o atual presidente, o Partido da Justiça e Desenvolvimento, AKP. Foi com o apoio da população que Erdogan aderiu as negociações para que a Turquia se juntasse à União Europeia.
Naquele momento, parecia que democracia, liberdade de expressão e paz social estavam em ascensão. 
       Porém agora, a Turquia equipa seu presidente, que ao longo dos anos vem se tornando cada vez mais islâmico, nacionalista e autoritário, com uma abundância de poderes sem precedentes. Ele obtém, através da extinção da função de controle do Parlamento, o poder exclusivo e absoluto sobre o Executivo. E, através de sua autoridade para determinar os membros mais importantes do próprio Judiciário, ele também vai controlar o aparato jurídico.
       Erdogan, se não for num futuro próximo o temido Anticristo, é um sério candidato.
ERDOGAN ESTÁ RECEBENDO PLENOS PODERES NA TURQUIA MODERNA. PARA ISRAEL É A AMEAÇA QUE VEM DO NORTE.

quinta-feira, 5 de julho de 2018

QUANTOS ANOS RESTAM PARA A HUMANIDADE?

     Ninguém jamais fez semelhante pergunta quando Deus aniquilou com as cidades prostitutas Sodoma e Gomorra. Onde estavam estas duas cidades, que tanto desagradaram a Deus, hoje vemos o mar morto onde nenhuma espécie pode sobreviver pelo elevado teor de sal na água.
       Aos apelos de Abraão ao Senhor para que salvasse as cidades se ali houvesse pelos menos dez justos, Deus respondeu que sim! Mas sequer dez justos foram encontrados! Apenas Lot, sua mulher e suas duas filhas: Quatro pessoas!
        No tempo do fim Deus nos avisa claramente, não através de datas mas por meio de sinais. Estes sinais vêm para o povo de Israel. Pestes, fomes, tribulação, guerra (a 3ª e definitiva guerra mundial.) O avanço incontrolado do povo de Ismael (os muçulmanos) os quais são as sete cabeças e dez chifres de que fala o Apocalipse.
       E o falso profeta? Será um descendente de Maomé, posto que este mesmo é falso profeta, cujo nome não se encontra nem na Torá nem no Novo Testamento. Ora, Alá não é o mesmo nosso Deus Verdadeiro: Jeová, o Deus dos profetas e dos patriarcas e Pai de Jesus Cristo Nosso Senhor e Salvador.
O alcorão do Islã é uma cópia mal feita da Torá e do Novo Testamento. Este povo islâmico vem desde Ismael, Esaú e do rei Nabucodonosor (antiga e esplendorosa Babilônia).
O povo do verdadeiro Deus (de Abraão, Isaque, Jacó, Moisés...) é o povo judeu, para o qual veio Jesus Cristo. Como não O aceitaram, veio para nós, os gentios, e para todos aqueles que fazem a vontade de Deus.
       E os sinais podem nos induzir a tempos aproximados? Tudo nos leva a crer que sim. Talvez daqui a dez ou quinze anos. O apogeu do anticristo durará 3 anos e meio. E a Bíblia nos diz que "convém que dure pouco tempo" pois mesmo assim "poucos irão se salvar" mas caso durasse muito tempo, ninguém se salvaria.


domingo, 6 de maio de 2018

JERUSALÉM É A GRANDE MERETRIZ

     Há várias correntes de pensamento sobre qual seja a cidade predita na Bíblia que leva o título de "a grande meretriz", a que se assemelha à idolatria do Egito, à Babilônia dos falsos deuses, e que ao final receberá a ira do Deus verdadeiro. A quem bem interpreta as escrituras não há a menor dúvida: Trata-se de Jerusalém, a cidade que mata seus profetas.
      Em Lucas 13 versículo 31: "Retira-te e vai-te daqui porque Herodes quer matar-te." E no versículo 32 Jesus responde: "Ide dizer a essa raposa que hoje eu curo enfermos e no terceiro dia ressuscitarei. 33 Pois não se espera que um profeta vá morrer fora de Jerusalém." Não há profeta, nem mesmo o filho Jesus, que não tenha morrido em Jerusalém. Desde o sangue do justo Abel até Zacarias, morto em o altar e santuário. Deus vai vingar o sangue de todos os justos. Hoje que mata os cristãos são os islâmicos, da descendência de Ismael, donde virá o Anticristo.
    Desfaz-se assim ideias errôneas de que a cidade seja Roma, Meca ou Istambul. Assistam ao vídeo abaixo:


segunda-feira, 23 de abril de 2018

O TEMPO ESTÁ ACABANDO...PROFECIAS NÃO PASSARÃO.

     O governo de Teerã, descendentes de Ismael, filho de Abraão com a escrava Agar, árabes que seguem o islamismo, religião falsa que não segue o Deus verdadeiro de Israel; está agora a ameaçar o norte e oeste de Israel; "Estamos com o dedo no gatilho, os mísseis estão prontos", diz em comunicado Hussein Salami, subcomandante das forças iranianas.
      Irã, Turquia, Síria...Estamos no 70º aniversário de criação do Estado de Israel.
"Não passará esta geração sem que todas essas coisas aconteçam, passarão céus e terras mas minhas palavras não passarão!" Mt 24:35

sábado, 24 de fevereiro de 2018

NINETEEN EIGHTY-FOUR (1984)

    Eric Arthur Blair cujo pseudônimo era George Orwell viveu neste mundo apenas 47 anos, de 1903 a 1950. No penúltimo ano de sua vida publicou sua mais famosa obra: 1984. O enredo é o controle total do cidadão pelo Estado, espécie de vigia permanente no maior estilo "big brother".
    É dito que a ficção imita a arte. É pura verdade. Orwell tinha em mente, ao escrever sua obra, a conduta aglutinadora do líder alemão Adolf Hitler cuja ação devastadora havia recém acabado à época da publicação do livro (1949).
     Sobre o tema, inclusive porque faz menção à obra de Orwell, deixo um vídeo de Rômulo Maraschin que analisa um comercial do Banco Itaú.


segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

O ANTICRISTO QUE VEM DO ISLÃ - Parte Final

    Quando olhamos para todas as referências literais bíblicas, todas as nações relatadas e que serão destruídas por Deus, cada uma delas é atualmente muçulmana. 
Exemplos: "Peso contra Arábia" (Isaías 21);
"Damasco será destruída..." (Isaías 17:1).
E sobre os "Reis do Oriente" muitos consideram a China mas em nem uma única vez está escrito a palavra "China" na Bíblia. Os Reis do Oriente que virão contra Israel nos últimos tempos, devemos atentar que são "reis" (no plural), não um rei (ou um reino somente). A Leste (Oriente) do rio Eufrates, encontramos: Iraque, Irã, Afeganistão, Paquistão, Indonésia...Ao norte de Israel temos Turquia, Síria, Líbano, Palestinos...Ao Sul temos o velho Egito, Líbia e Etiópia.
      E quanto aos sete montes em Roma? Não existem apenas sete montes em Roma mas certos "intérpretes" querem insistir nos sete. Mesmo assim, vamos lá! Não leem o que diz no Apocalipse 13 e 17. A Bíblia fala em "montes" não em "colinas". E não apenas sete montes, são também sete cabeças, e também sete reis. Reis não governam "montanhas ou montes" mas sim "reinos". São sete reinos ou sete impérios. João escreveu:
"Cinco caíram, um existe e o outro ainda não é vindo..." João estava no século I DC, logo, sob o Império Romano (um existe) este era o 6º Reino. Cinco já tinham caído: Egito, Assíria, Babilônia, Medo-Persa e o Grego. O Império Romano deixou de existir em 450 DC, sendo criado o Império Bizantino mas continuou sendo chamado de Império Romano. E finalmente caiu nas mãos de quem? Dos muçulmanos: O Império Otomano (1453). Este império teve uma das cabeças feridas em 1924, mas segundo o Apocalipse reviverá no oitavo Rei (que é o sétimo, Império Otomano) só que reviverá como Império Islâmico.
      Mais evidências vemos em Ezequiel 30:3-4-5 Se em 30 verso 3 é o Dia do Senhor, por qual motivo nos versos 4 e 5 Ele está lutando contra países muçulmanos? Ele está lutando contra "Lídia" = Turquia, contra a Líbia (norte da África) e mais Argélia, Tunísia e Marrocos, Mauritânia e Egito. Em Isaías 63, Jesus vem batalhar contra EDOM que não é apenas a Jordânia pois em Ezequiel 25 nos diz que EDOM se estende da região de TEMÃ (atual Iêmen) até DEDÃ que é o coração do mundo árabe. Em Isaías 63, há referências de suas roupas borrifadas de sangue onde Ele pisa o lagar, igual as referências mencionadas em Apocalipse. Ele pisa o lagar que está em EDOM, o coração do mundo árabe e dos países muçulmanos, de onde o Islã originou-se.
Em Habacuque 3 Ele luta contra as regiões de MIDIÃ. Midiã era o irmão de Ismael, filho de Abraão com a escrava AGAR. Ismael é o pai da descendência árabe.
Em Joel 3 o Messias está na terra, no vale de Jeosafá onde vai acontecer a batalha do Armagedom. Ele desafia duas entidades: Líbano (Tiro). Ele diz: "Quem é você para lutar comigo, oh Tiro e Sidom e toda a costa da Filistia?" Tiro é no Líbano e Filístia é GAZA. A luta hoje é contra o Hezbolá, Hamas e o ISIS que deseja implantar o Califado e a Lei Sharia. Quem são hoje os que DECAPITAM os cristãos? São os italianos ou os muçulmanos? O Apocalipse diz: "Vi os mártires que foram degolados (decapitados) em nome de Jesus."
    A última semana de Daniel, que ainda não se cumpriu, confirma uma aliança de 7 anos que será feita pelo Anticristo (para os islâmicos será o Mahdi, o messias deles), essa aliança é confirmada no Alcorão, mas na metade desse tempo de sete anos (= 42 meses ou 1260 dias) o Filho da Perdição vai quebrar esse pacto de paz "sentando no trono de Deus querendo parecer Deus". O nome do profeta Maomé quer diz "o louvado", ele é chamado de "o glorioso".